Mostra Nacional de Robótica /Trabalhos Premiados com Bolsas ICJ CNPq MNR

Trabalhos Premiados
com Bolsas ICJ CNPq MNR

Parabéns a todos os participantes da MNR 2020, em especial aos estudantes e tutores premiados com a bolsa ICJ CNPQ/MNR !

Na edição 2020, foram disponibilizadas 50 bolsas para a vigência em 2021. Confira aqui a lista dos trabalhos premiados!

Informações e Instruções para Bolsa ICJ - CNPq / MNR

A modalidade de Bolsa Iniciação Científica Júnior – ICJ tem por finalidade despertar vocação científica e incentivar talentos potenciais entre estudantes do ensino fundamental, médio e profissional da Rede Pública, mediante sua participação em atividades de pesquisa científica ou tecnológica, orientadas por pesquisador qualificado, em instituições de ensino superior ou institutos/centros de pesquisas.

A Mostra Nacional de Robótica (MNR) em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), agência do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), PREMIA os ESTUDANTES que tiveram projetos submetidos/inscritos na MNR e que obtiveram os melhores resultados nas avaliações executadas pela MNR através da Mostra Virtual e/ou Mostra Presencial.

A quantidade e valores de bolsas são definidas pelo CNPq através de chamadas públicas disponibilizadas anualmente ou bianualmente.

Vigência: A Bolsa ICJ-CNPq é um prêmio ao Estudante, logo somente torna-se vigente no ano seguinte a submissão/inscriçao e aprovação do projeto para e pela MNR.

Benefícios: Oferece um valor mensal de até 12 meses ao estudante.

Norma completa CNPq – Bolsas por Quota no País (RN-017/2006): www.cnpq.br
Anexo V / 5. Iniciação Científica Júnior – ICJ: www.cnpq.br – ICJ

BOLSAS JÁ CONCEDIDAS PELA MNR / CNPQ – TOTAL 422 Bolsas ICJ

Processo: 563918/2010-1 / 48 Bolsas ICJ (2011/2012)
Processo: 552903/2011-6 / 48 Bolsas ICJ (2012/2013)
Processo: 550950/2012-5 / 50 Bolsas ICJ (2013/2014)
Processo: 472065/2014-9 / 70 Bolsas ICJ (2015/2016)
Processo: 405456/2015-8 / 70 Bolsas ICJ (2016/2017)
Processo: 441711/2017-0 / 36 Bolsas ICJ (2018/2019)
Processo: 439957/2018-4 / 50 Bolsas ICJ (2019/2020)
Processo: 441828/2019-1 / 50 Bolsas ICJ (2020/2021)

O estudante além de ter tido um bom resultado na avaliação do projeto, também deve cumprir os seguintes requisitos do CNPq para receber a bolsa (Norma CNPq – RN017/2006):

  • Estar regularmente matriculado no ensino fundamental, médio ou técnico no período de vigência da Bolsa em instituição de ensino pública;
  • Possuir frequência acima de 80% comprovada pela instituição de ensino;
  • Não ter vínculo no Mercado de Trabalho;
  • Não ter outra bolsa do CNPq ou de quaisquer agências nacionais, estrangeiras ou internacionais de fomento ao ensino e à pesquisa ou congêneres;
  • Não ser ex-bolsista do CNPq, da CAPES ou de outras agências públicas, que tenha usufruído o tempo regulamentar;
  • Não ter débito, de qualquer natureza, com o CNPq, com outras agências ou instituições de fomento à pesquisa;
  • Ter participado da MNR na edição anterior a vigência da bolsa com submissão de trabalho;

Documentos e Informações Comprobatórios para Estudantes (Norma CNPq – RN017/2006):

  • Apresentar histórico escolar e comprovante de frequência;
  • Possuir cadastro do currículo no sistema do CNPq: Plataforma Lattes (http://lattes.cnpq.br);
  • Cópia de CPF e RG;
  • Indicação de Agência ou Número de agência e conta-corrente do bolsista no Banco do Brasil;
  • Formulários: Adesão ao Programa de bolsas CNPq/MNR e Indicação do(s) Bolsista(s). Os formulários serão enviados somente para os tutores de projetos com estudantes premiados.

A coordenação da MNR, de posse dos resultados das avaliações dos projetos, contata os tutores dos projetos aprovados para que enviem o formulário de Candidatura onde informam dados gerais do projeto, o resumo do projeto a ser desenvolvido no próximo ano e a indicação dos estudantes candidatos a bolsa que atendem os requisitos do CNPq.

Após a avaliação e aprovação formulário de Candidatura, a MNR entra em contato com o tutor para providenciar o envio da documentação obrigatória e cadastro do currículo do estudante na Plataforma Lattes/CNPq.

A coordenação da MNR, de posse da documentação obrigatória e currículo do estudante no CNPq, cadastra o estudante na Plataforma Carlos Chagas como bolsista.

Com o cadastro dos estudantes executados no sistema, o CNPq envia um e-mail diretamente ao estudante com regras para o “aceite” dos termos do CNPq para a Bolsa ICJ. O e-mail de contato do estudante é o mesmo cadastrado no sistema CNPq: Plataforma Lattes.

O estudante deve, ao receber este e-mail, realizar o procedimento de “aceite” pois a bolsa somente efetivada após o registro da anuência à sua indicação.

O procedimento de aceite da bolsa é FUNDAMENTAL, pois é o que garante a implementação da bolsa. Este procedimento possui algumas etapas:

  1. Receber a comunicação do CNPq por email;
  2. Acessar o site indicado no e-mail;
  3. Informar seus dados bancários – agência do Banco do Brasil;
  4. Preencher e enviar o Aceite;
  5. Confirmar o Envio do Aceite;
  6. Finalizar o Aceite da Bolsa.

Não recebi o email do CNPQ para confirmar o aceite da bolsa, como devo proceder?
Você pode responder o seu termo de aceite acessando o link: http://efomento.cnpq.br/efomento/autenticacao.jsp?id=0. Lembre-se que este termo deve ser respondido até o dia 14 do mês.

O CNPq tem 2(duas) formas de realizar o pagamento do valor da Bolsa para os bolsistas:

  • Depósito em Conta Bancária (RECOMENDADO): O valor será depositado na data marcada e na conta bancária indicada e ficará disponível para retirada conforme a disponibilidade do Bolsista. ATENÇÃO: O Número de Conta Corrente e Agência no Banco do Brasil devem ser registrados no momento da “anuência” da Bolsa no sistema do CNPq. Esta conta bancária deve ser do tipo conta corrente e em nome do Bolsista aberta no Banco do Brasil.
  • Retirada via Contra-recibo: O valor estará disponível no formato de Contra-Recibo que deve ser retirado na agência do Banco do Brasil (informado/registrado no momento do “aceite” da Bolsa no sistema do CNPq) e na data determinada pelo CNPq. ATENÇÃO: se não realizar a retirada do cheque no período determinado, o cheque retorna para o CNPq e somente poderá ser retirado no próximo pagamento (no próximo mês). O valor da Bolsa deve ser retirado pelo bolsista ou responsável (se o bolsista for menor de idade) mediante a apresentação de documento com foto.

Como devo proceder para cadastrar a minha conta bancária junto ao CNPQ?

  1. Acesse a página http://carloschagas.cnpq.br/
  2. Clique no link ” outros bolsistas”
  3. Digite o ” CPF” e a ” senha do seu lattes“, em seguida ” Confirme“
  4. Clique em “Gerenciamento de Projetos / Gerenciamento de sua Bolsa / Dados Bancários
  5. Selecione o processo e confira os dados apresentados em seguida, informe o código da agência bancária e a conta-corrente e clique em ” Enviar“.

Lembramos que não serão aceitas conta poupança, conta vinculada, conta conjunta e conta de terceiros. Somente conta corrente única e exclusiva do bolsista. Após o cadastro informar ao CNPQ.

Tento cadastrar a minha conta bancária junto ao CNPQ mas aparece a seguinte mensagem: “Agência não cadastrada ou não autorizada”. O que devo fazer?

Para cadastro de agência envie um email para o endereço eletrônico seeor@cnpq.br – SEEOR – Serviço de Execução Orçamentária, com os seguintes dados:

Nome do banco, número do código do banco, nome da agência, número da agência, conta corrente, endereço da agência, bairro, Estado, CEP, telefone, fax.

Envie um e-mail para sebfe@cnpq.br com o seu nome completo e CPF solicitando a referida declaração.

Ou

Acesse o site: http://efomento.cnpq.br/efomento/autenticacao.jsp?id=0 e digite seu número de CPF e senha.

formulário de acompanhamento

Todo estudante premiado com bolsa ICJ CNPq MNR desenvolve um projeto de Iniciação Científica durante 1 (um) ano assistido por um Professor(a)/Tutor(a) na escola e um(a) Coordenador(a) Acadêmico(a) indicado(a) pela MNR.
O bolsista e seu tutor(a) deverão realizar relatórios mensais do desenvolvimento do projeto.

Preencha o formulário eletrônico para acompanhamento de projeto <aqui>.

Cronograma de Atividades dos Bolsistas ICJ CNPQ – MNR
• Início da vigência das Bolsas ICJ CNPq: Março *
• Período de acompanhamento dos Bolsistas ICJ: Março a Fevereiro do ano seguinte
• Entrega dos Relatórios de Acompanhamento de Bolsistas: Mensal (até o 10º dia do mês subsequente)
• Submissão no sistema Olimpo do Artigo Final do projeto REVISADO(**): Outubro

(*) O calendário oficial de cada ano será enviado por email aos bolsistas contemplados
(**) O ARTIGO sobre o projeto desenvolvido por Bolsista durante a vigência da bolsa deve ser antes enviado para seu Coordenador Acadêmico responsável para revisão e posteriormente ser registrado no sistema Olimpo.

CONTATO CNPQ

Administração Bolsas: (61) 3211-9912
Pagamento Bolsas: (61) 3211-971

Atividades gerais

Entenda qual o seu papel, do seu tutor e do orientador acadêmico no processo de condução da ICJ.

O que deve ser realizado pelo Aluno?

É importante ressaltar que cada aluno deverá cumprir fielmente o que está estabelecido em seu plano de atividades, submetido ao CNPq antes do início do trabalho (Formulário Candidatura Bolsas ICJ). Toda a criatividade é bem-vinda, desde que não exista alteração na temática do trabalho.

Nela nenhuma alteração é possível, sob nenhuma circunstância, e sobre ela versará o relatório final de cada aluno.

Cada Coordenador Acadêmico desenvolverá com os grupos os aspectos relevantes em cada trabalho, bem como acompanhará o desenvolvimento do grupo.

 

ETAPAS DO PROJETO

Cada projeto, através de seu tutor(a) e bolsista(s), deverá realizar as atividades abaixo:

Submeter um documento no formato de Artigo Científico (Modelo) relatando o desenvolvimento do projeto para MNR realizado durante o período de vigência da Bolsa. A submissão do artigo deve ocorrer através do sistema Olimpo (acesse aqui) na data estipulada pela Organização da MNR;

Poderão apresentar pessoalmente na Mostra Presencial da MNR o resultado do projeto realizado durante o período de vigência da Bolsa. (Esta atividade não é obrigatória)

Realizar relatórios mensais sobre desenvolvimento do projeto e participação do bolsista através do preenchimento do “Formulário 

Acompanhamento Bolsista” online disponível no site da MNR durante o período de vigência da Bolsa para fins de supervisão do projeto pela Coordenação Acadêmica da MNR. (Acesse o Formulário Acompanhamento Bolsista aqui)

Atenção: O descumprimento das atividades obrigatórias acordadas entre a MNR e o Tutor e Bolsista(s) no momento do aceite da Bolsa são motivo de solicitação de cancelamento

como funciona a orientação?

Cada bolsista terá um Tutor associado e um Orientador designado (Coordenador Acadêmico). Para cada trabalho, segundo o “Roteiro de Implementação ICJ de Feiras de Ciências e Mostras Científicas CNPq”, existem quatro figuras importantes

• COORDENADOR DO PROJETO: é aquele que submeteu e teve a proposta aprovada no Edital CNPq. O coordenador do projeto perante o CNPq é o responsável por toda a gestão do projeto da Mostra Científica.

• COORDENADOR ACADÊMICO: Professor(a) de uma Instituição de Ensino Superior (IES), com titulação mínima de mestrado, responsável pelo planejamento e supervisão das atividades, bem como pela avaliação do desempenho do grupo sob sua orientação, contando com a colaboração dos Tutores diretamente vinculados às escolas de ensino fundamental, médio ou técnico.

• TUTOR(A): Professor(a) do ensino fundamental, médio ou técnico vinculado à escola pública ou privada onde estuda o aluno premiado na Mostra que irá desenvolver o estabelecido no Projeto de Ensino de Ciências ou no Plano de Atividades. O Tutor(a) será o responsável pela operacionalização do Projeto de Ensino de Ciências ou do Plano de Atividades e pela supervisão direta do(s) bolsista(s) de ICJ. Caberá ao Tutor(a) orientar o(s) bolsista(s) no caminho de uma aprendizagem segura, relevante, ativa, planejada e adequada às necessidades do grupo e da escola como um todo. Os Tutores são os professores indicados no formulário enviado dos bolsistas contemplados.

• BOLSISTA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA JUNIOR: ICJ para Feiras de Ciências e Mostras Científicas: será o Aluno(a) da escola pública de ensino fundamental, médio ou técnico premiado na Feira de Ciência ou Mostra Científica, e que irá desenvolver o estabelecido no Projeto de Ensino de Ciências ou do Plano de Atividades sob a supervisão dos Tutores.